19/12/2016

#Resenha 95, O que te move?, do autor Fernando Moraes.

SINOPSE:Movimentar-se para não ficar aprisionado à zona de conforto é um dos grandes desafios nos tempos modernos. Quando a abundância impera, certamente a visão de futuro fica mais comprometida, por isso se faz necessário nos movermos para ter propósitos, sonhos e esperança de dias melhores.

Saindo do estado conformista, que anula as possibilidades e nos imobiliza por causa do imediatismo, ser protagonista é mais do que ser o ator principal de tudo aquilo que envolve a nossa vida. Ser protagonista é colocar o coração no sofrimento do outro, renunciando a zona de conforto em função de quem precisa de nós.

Movimentar um sonho, uma causa, um ideal ou um propósito de vida nos permite despertar para novas oportunidades, aflorando talentos, habilidades, dons e potenciais, nos dando confiança e coragem para seguir em frente.

Neste livro, Fernando Moraes o convida a se mover em busca de novos desafios, a ter atitudes que inspiram grandes transformações e, o mais importante, que nos dê a certeza de que podemos fazer e refazer novos caminhos em busca da nossa felicidade.

O que te move é o que te inspira!

#RESENHA

Pelo que me recordo, este é o primeiro livro auto-ajuda que leio, e tenho que confessar, valeu à pena!
Para quem nunca ouviu falar do autor Fernando Moraes, ele é um grande autor e humanista brasileiro. Formado em Ciências Sociais, Filosofia, Teologia e Direito e possui vários livros publicados. É professor universitário e já desenvolveu diversos projetos sociais nacionais e internacionais. Um autor possui um imenso currículo e experiência no assunto.
 O que te move? Não é apenas mais um livro que deve fazer parte da sua estante, é uma obra que merece ser lida.
O livro é composto principalmente por mensagens que buscam questionar o interior e as ações do leitor. Fernando conseguiu reunir experiência em conselhos, questionamentos e reflexões.
Muitas das vezes achamos que ajudar alguém é apenas dar dinheiro para ele comprar algo que precisa, montar cestas básicas e distribuir entre uma comunidade. Mas é aí onde estamos não falhando, mas limitando nossa visão. No livro o autor nos mostra que muitas das vezes, precisamos mostrar aquela pessoa o poder da capacidade que ela tem, que ela pode ser mais do que aquilo, que ela pode recomeçar!
Não tenho como relatar tudo que é descrito no livro, nem como listar todas as mensagens importantes que está obra carrega, mas confesso que cada página lida vale a pena. Antes de qualquer capítulo há mensagens de grandes pensadores, escritores e ativistas e confesso que a profundidade das mensagens vai muito além!
O livro é fino, cerca de 160 páginas, folhas bege, e fonte bastante convidativa para a leitura. Deixo claro para que não leia o livro pensando que ele é a solução para os seus problemas, pois não é, ele é apenas um dos caminhos que você tem que seguir se realmente deseja ser uma pessoa melhor. 
Muita das vezes a mudança bate a nossa porta e deixamos de atender. Após a leitura desse livro você estará pronto não só para mudar a sua vida, como também a de outras pessoas.
Pare e reflita: Quais os seus verdadeiros propósitos de vida?
Já parou para pensar que vivemos pouco? Acredito que seja uma boa hora para refletir. 

Resenhado por Tony

Tony Ferr

Sou Tony Ferr e amo o que faço. Tenho 23 anos, ainda! Sou escritor apaixonado e blogueiro por vocação! Amo romances de época e contemporâneos, falando de amor está na minha estante! A música e a pintura também fazem parte de mim.

21 comentários:

  1. Olá
    Adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro. Eu ainda não tinha lido nada a respeito, e apesar de parecer ser interessante, infelizmente não faz o meu estilo. Na verdade, o que eu acho que deve se destacar mais são as mensagens refletidas né... quem sabe eu possa ler futuramente!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu já li alguns livros de auto ajuda de diversas formas, aqueles que é sérios e alguns que trás para o lado da comédia para animar o pessoal. Eu até pensei em solicitar esse livro, mas acabei deixando de lado. Fico contente que você achou a leitura agradável. Até mais ver
    Bjk

    ResponderExcluir
  3. Todos os livros de auto ajuda são muito interessantes quero ler este também.
    Lidiane Ferreira.

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Não conhecia o livro e leio poucas obras desse gênero. Adoro livros que nos trazem boas reflexões e esse parece ter uma ótima pegada para isso e que ótimo que é tão cativante a leitura a ponto do leitor estar pronto para mudar sua vida.Com certeza lerei em breve, adorei a resenha!

    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá. É estritamente problema meu mas eu não gosto de auto ajuda. Na verdade eu tenho uma cisma assim como todo psicólogo que auto ajuda só ajuda o autor a ganhar dinheiro kkkk então eu não leria mas admito que faz muito bem aqueles que lêem. Deixa com uma sensação boa né? Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Tony.
    Não leio muitos livros de auto-ajuda. Justamente porque a leitura para mim é uma fuga da realidade.
    Mas de vez em quando é bom ler um livro que nos faz refletir.
    Gostei da dica e está anotada.

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Raramente leio livros de auto ajuda, principalmente por geralmente serem livros pouco atrativos, mas em contraponto esse me chamou a atenção pela reflexões propostas, das quais gostei muito e se encaixam perfeitamente no momento em que estou vivendo.
    Beijos!
    Por Livros Incríveis

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Quando esse livro foi lançado, senti vontade de ler, mas desanimei. Agora estou arrependida.
    Gostei muito de conhecer suas impressões sobre a obra e é notável que ela tenha mudado sua percepção sobre algumas coisas. Achei legal você falar que, muitas vezes, a mudança se apresenta para nós e não lhe damos bola, pois é a mais pura verdade.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  9. Oi, Tony

    Eu não questiono as mensagens que o livro possui, devem ser mesmo muito pertinentes e engrandecedoras, mas autoajuda definitivamente não é um gênero que me agrada, por isso não leria! ;)

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oiee ^^
    Não sou de ler auto-ajudas, na verdade, é um dos poucos gêneros os quais eu não leio... Mas saber que você gostou e que o autor colocou reflexões que mudam o ponto de vista do leitor quando a obra acaba me deixou curiosa. Quem sabe um dia eu não o leia? Só espero gostar tanto quanto você :)
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  11. Olá, adoro leituras que acrescentem algo, não conhecia essa obra e já fiquei interessada pelas mensagens que a mesma traz para o leitor.

    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Não leio autoajuda, não rende muito pra mim sabe? Mas é interessante ver seu ponto de vista do livro.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  13. Oie!
    Nossa, que livro interessante! Eu não tenho costume de ler livros de auto ajuda, mas não posso negar que tem seus pontos positivos.
    Uma ótima dica, que sei para quem vou indicar.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  14. Olá =) Vejo que as pessoas tem muito preconceito com livros de auto-ajuda mas tem obras do gêneros que são boas. Já tinha visto o livro mais não tinha lido nada sobre ele, adorei conhecer a obra, parece ser bom. Beijos'

    ResponderExcluir
  15. Oiii!!
    Vejo muitas pessoas lendo livros de auto-ajuda, eu não tenho nada contra, muito pelo contrário, acredito que eles nos ajudam e muito a nos compreendermos melhor.
    Apesar de eu não ter o costume de ler livros do tipo, sempre que tenho a oportunidade eu leio sim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Eu ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas sinceramente, alto ajuda nunca me agradou muito, li muito poucos e os que eu gostei foram porque são livros que me ajudaram na minha área de atuação que é o Marketing. Por isso, eu não fiquei muito interessada neste livro, por mais que você tenha dito que gostou.
    Beijos,
    Nay
    Traveling

    ResponderExcluir
  17. Oie!
    Não sou muito fã de livros de auto ajuda, mas mesmo assim leio alguns. E esse livro me deixou bem curiosa e instigada a ler. Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  18. Olá Tony, eu já li alguns livros de autoajuda e devo confessar que não estão entre os meus preferidos. Acho que o fato de eu ser psicóloga influencia um pouco na minha preferência....rs Que bom que você gostou, muita gente se identifica com o gênero! Abraço

    ResponderExcluir
  19. Oie
    muito legal o livro, parece ser uma ótima forma de refletir sobre a nossa vida, gostei apesar de não curtir o gênero, é algo interessante de se ler para podermos acreditar mais nas coisas e seguir em frente

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    Eu não conhecia o livro e nem mesmo o autor. Na verdade, não sou de ler muitos livros de auto-ajuda, não sou muito fã do gênero, mas já li alguns, confesso. A premissa desse aí me pareceu muito interessante, gostei de poder conferir seus comentários sobre. Obrigada pela dica!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Eu adoro livros de auto ajuda, esse parece muito bom e sua resenha me animou bastante. Gosto de livros que trazem um propósito de vida e faz o leitor pensar na vida e em tudo o que vêm acontecendo, com certeza tentarei ler uma hora dessas, vai ser um grande ensinamento. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir

DICAS LITERÁRIAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS