18/05/2016

#Resenha 72, Manual do Autismo, do autor Dr. Gustavo Teixeira.

SINOPSE: 

Uma leitura essencial para pais, professores e qualquer profissional que convive com crianças autistas.

O primeiro obstáculo enfrentado pelo portador do transtorno do espectro autista se dá na própria fase de diagnóstico: os indícios são sutis e variáveis entre indivíduos, o que dificulta a identificação do transtorno. Com o intuito de auxiliar os pais a reconhecer esses sinais e a iniciar o tratamento apropriado para seus filhos o quanto antes, o Dr. Gustavo Teixeira escreveu este livro esclarecedor. Referência internacional no assunto, o Dr. Gustavo aborda todas as questões relativas ao autismo, respondendo às principais dúvidas e oferecendo as ferramentas necessárias para o estabelecimento de um ambiente estimulante e acolhedor para os pacientes. Quem seguir as orientações de Manual do autismo será capaz não apenas de reagir adequadamente ao comportamento autista, como também saberá oferecer o apoio necessário a esses pacientes, amenizando as eventuais dificuldades. Esta é, portanto, uma leitura obrigatória para todos que se relacionam com algum portador desse transtorno que já afeta mais de 600.000 jovens brasileiros, sejam pais, médicos ou mediadores educacionais.

#RESENHA

Nunca gostei de ler livros de autoajuda, saúde, psicologia ou sobre comportamento, mas quando vi este livro eu meio que me encantei, bati o olho e pensei: quero arriscar a leitura. Bom, não me arrependo da escolha! Este livro foi cortesia da Editora Record.

O Manual do Autismo é um excelente livro, escrito de forma clara e simplificada, do que é o Transtorno do Espectro Autista (TEA). O autor do livro Dr. Gustavo Teixeira (Foto), relata casos, diagnósticos, tratamentos e até mesmo sinais que devemos notar nas crianças durante o seu processo de desenvolvimento.
Para quem é mãe, tia ou avó, isso vale também para os homens (Avôs, tios e pais), sabe que durante o desenvolvimento da criança ela precisa falar, se comunicar, chorar, pedir, demonstrar afeto e tudo mais, então é justamente esse ponto que o autor foca ao detalhar os sinais que uma criança autista não possui, ou melhor, ela não procura criar relações de afeto com ninguém, nem mesmo com a própria mãe. 
O livro possui muitas dicas, listas de sinais que podemos observar em uma criança que apresenta comportamentos durante o seu crescimento, que não são comuns. O autor detalha desde os 4 meses de idade até os 5 anos, sinais que irão nos mostrar o surgimento do autismo na criança.
Por isso, ele alerta que ao ser notado tais características, os responsáveis devem imediatamente procurar um pediatra, que irá orientar e iniciar um mapeamento desses sinais, porque autismo pode ser controlado se detectado com antecedência, afirma o autor. No livro ele mostra relatos que mostram sua tese.
Para finalizar, deixo minha indicação da obra. O livro não é apenas para ser lido por quem tem uma criança em seu lar, e sim por todos, pois o conhecimento que iremos adquirir poderá ajudar alguém que esteja perdido sem saber o que fazer em relação a isso.


Resenha por Tony Ferr
Tony Ferr

Sou Tony Ferr e amo o que faço. Tenho 23 anos, ainda! Sou escritor apaixonado e blogueiro por vocação! Amo romances de época e contemporâneos, falando de amor está na minha estante! A música e a pintura também fazem parte de mim.

2 comentários:

  1. Não é só interessante pra pessoas que convivem com alguém que tem a doença, mas tbm pra a sociedade em geral se informar e entender o que se passa. Muito bom!

    ResponderExcluir
  2. Oie! Parece ser um livro muito bom, vou procurar saber mais sobre ele!
    Bjss, comenta por favor? http://resenhasteen.blogspot.com.br/2016/07/voce-no-4-kenshin-festival-com-o-rt.html

    ResponderExcluir

DICAS LITERÁRIAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS