28/12/2015

#Resenha 63, Eu te darei o sol, da autora Jandy Nelson.

Sinopse: 

Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia.

Mal-entendidos, ciúmes e uma perda trágica os separaram definitivamente. Trilhando caminhos distintos e vivendo no mesmo espaço, ambos lutam contra dilemas que não têm coragem de revelar a ninguém.

Contado em perspectivas e tempos diferentes, EU TE DAREI O SOL é o livro mais desconcertante de Jandy Nelson. As pessoas mais próximas de nós são as que mais têm o poder de nos machucar.


A Autora: Jandy Nelson mora em São Francisco, e lá, assim como Lennie, divide seu tempo entre cuidar das árvores e correr livremente pelo parque. Jandy é uma agente literária, poetisa com livros publicados, e acadêmica eterna. Formada pelas universidades de Brown, Cornell e Vermont. É uma pessoa supersticiosa e uma romântica dedicada, loucamente apaixonada pela Califórina, e pela forma como esse estado continua firme na ponta de um continente. O céu está em todo lugar é seu primeiro romance


RESENHA


A primeira palavra que me vem a cabeça quando eu penso em Eu te darei o Sol é: surpreendente. Eu fiquei agradavelmente surpresa a cada página, a cada capítulo desse livro incrível. Essa foi uma história daquelas que me fez sentir cada emoção dos personagens. Cada medo, dificuldade, cada amor. Não teve como não me apegar a Jude e Noah, os gêmeos que, desde a infância, competem entre si pela atenção dos pais.

Os irmãos são o oposto um do outro e isso acaba sempre gerando conflito entre eles. E a coisa só piora quando Jude e Noah se apaixonam pelo mesmo garoto. O livro é dividido de forma que cada capítulo seja narrado por um dos gêmeos, sendo que Noah, narra o passado, quando eles tinham entre doze e quatorze anos de idade, e Jude narra o presente, quando os irmãos estão com dezesseis anos e já não se falam mais, o que deixa qualquer um com uma necessidade de descobrir o que aconteceu entre um momento e outro. 

Jandy Nelson nos traz uma história tocante e bastante real, que aborda assuntos delicados, como a homossexualidade, traição, bullying, abuso, preconceito e tantos outros temas que nos fazem sentir mais próximos dos personagens a cada capítulo. Os gêmeos tem personalidades muitos diferente, outro ponto forte do livro. No passado, Noah é um pintor, introspectivo e diferente, muito próximo a mãe, enquanto Jude é aventureira e destemida, muito parecida com o pai. Entretanto, por mais que houvesse diferenças entre eles, por mais que eles competissem entre si, os gêmeos nunca deixavam de lado a união, a amizade e o amor que sentiam um pelo outro. Até que isso muda radicalmente, e no presente, os irmãos são praticamente os opostos do que foram no início de sua adolescência. 

O livro é maravilhoso, os personagens são bem desenvolvidos, a narrativa é bem trabalhada, sem deixar o foco se manter em um só tópico. É uma obra forte, que me fez ficar grudada em cada capítulo e não largar o livro até desvendar cada mistério e sentimento de Jude e Noah. A narrativa é bastante diferente e os temas abordados tem muito peso sentimental, ou seja, não é um livro comum e pode não agradar a todos os leitores. Porém, se você estiver disposto a abrir sua mente e seu coração para mergulhar nesse turbilhão de emoções, pode ter certeza que você vai se apaixonar.

Resenhado por Fabrine

Deixe o seu comentário!
Tony Ferr

Sou Tony Ferr e amo o que faço. Tenho 23 anos, ainda! Sou escritor apaixonado e blogueiro por vocação! Amo romances de época e contemporâneos, falando de amor está na minha estante! A música e a pintura também fazem parte de mim.

10 comentários:

  1. Sem dúvidas é um livro que parece despertar os desejos de aventuras e descobertas no leitor!! Ótima resenha,bem construtiva e mostra que o livro é interessante.

    ResponderExcluir
  2. Eu conheço o livro, não acho uma obra forte, mas traz uma temática para o público juvenil relevante.

    ResponderExcluir
  3. Oi Fabrine. Tudo bem?

    Eu tenho muita vontade de ler este livro , mas ainda não tive oportunidade. Gostei da sua resenha.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie, já li várias resenhas desse livro, todas positivas, mas ainda não consegui sentir aquela necessidade para ler o livro. Talvez quem sabe um dia eu de uma chance a história.

    Biejos,
    http://miiheomundoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Amei sua resenha e o livro já está na minha lista!! :-d

    Beijos

    Viviana
    devoreumlivroeoufilme.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu li esse livro e gostei muito do enredo. Os personagens são fortes e nos fazem refletir sobre os vários relacionamentos que temos na nossa vida.
    A capa é simples mais bonita.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Ótima resenha :)
    Uma história forte e, com certeza, envolvente...
    Gosto de livros assim, que nos fazem pensar nossos próprios relacionamentos...

    Ótima dica!!!
    Bjo
    Bom ano pra vc :-d

    ResponderExcluir
  8. Oie!!!
    Esse livro está - desde que foi lançado - na minha lista de leitura, não consegui ler o outro livro que a autora publicou por aqui. A leitura simplesmente não fluiu. Decidi dar uma nova chance a ela já que tantas pessoas adoraram o livro.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Fabrine, que história incrível deve ser. Sua resenha me deixou muito curiosa para ler este livro. O tema é tão interessante! Juro que não conhecia nada da autora ainda. Obrigada pela resenha, bjs!

    ResponderExcluir

DICAS LITERÁRIAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS