09/12/2015

#Resenha 61, Mentiras que Confortam, da autora Randy Susan Meyers.

 Sinopse: 

Cinco anos atrás...
Tia apaixonou-se obsessivamente por um homem por quem nunca deveria ter se apaixonado. Quando engravidou, Nathan desapareceu, e ela entregou seu bebê para a adoção.
Caroline adotou um bebê para agradar o marido. Agora ela questiona se está preparada para o papel de esposa e mãe.
Juliette considerava sua vida perfeita: tinha um casamento sólido, dois lindos filhos e um negócio próspero. E então ela descobre o caso de Nathan. Ele prometeu que nunca a trairia novamente, e ela confiou nele.
Hoje...
Tia ainda não superou o fim do seu caso com Nathan. Todos os anos ela recebe fotos de sua garotinha, e desta vez, em um impulso, decide enviar algumas delas para a casa do ex-amante. É Juliette quem abre o envelope. Ela nunca soube da existência da criança, e agora precisa desesperadamente descobrir quantas outras mentiras sustentaram o seu casamento até hoje. 


#RESENHA

A história nos proporciona personagens que retratam o nosso cotidiano. O livro nos mostra cinco personagens principais:

Nathan, um marido dedicado, atencioso, amoroso, com um casamento perfeitamente bem estruturado, mas por outro lado trai a esposa, Juliette, com Tia uma jovem estudante universitária. 

Juliette, uma esposa carinhosa, extremamente dedicada aos filhos e ao marido, amava profundamente Nathan, e nunca imaginaria a traição por parte dele.

Tia seria a vilã da história, onde desejava loucamente que Nathan deixa-se sua esposa e seus filhos para morar com ela, mas, se analisarmos a história veremos que Tia, uma estudante frágil e carente é mais uma vitima de “Mentiras Que Confortam”.

Caroline e Peter seriam o casal “bom moço” da história, aquele típico casal de filmes que desejam loucamente ter um filho, porém esse desejo é mais extremo da parte de Peter já que Caroline era uma Médica e queria dedicar mais tempo aos estudos para se tornar mais sucedida financeiramente e socialmente.

(Então, conhecidos os personagens, vamos a história).

Tudo ia perfeitamente bem, Nathan conseguia conciliar família e amante, porém um imprevisto muito tenso aconteceu, Tia engravida. (E é nesse momento do livro que eu me pergunto: será que Tia engravidou de propósito? Bem, sabemos que Tia amava loucamente Nathan e por amor fazemos loucuras, inclusive ENGRAVIDAR, mas só lendo o livro para ter certeza ou tirar suas próprias conclusões).

Nathan quando soube da gravidez de Tia, ficou atordoado, propôs coisas absurdas. (Que você também só vai saber se ler o livro). Porém, Tia decide ter a criança, mas tem uma ideia bastante fria em relação a criança. O que seria? Hum, vamos ler o livro e descobrir. Rsrsrs. Ela pensava que sua ideia seria a única maneira de se livrar daquele sentimento que sentia por Nathan, pois não seria fácil olhar aquela criança e não se lembrar do amor de sua vida. 

Nathan, por outro lado, continuou sua vida como se nada tivesse acontecido. Voltou para sua família, para sua esposa perfeita, para seus filhos extremamente bem educados, continuou seu trabalho como professor, resumindo, ele seguiu em frente, deixando para trás Tia e sua filha.

Será que Tia vai ter mesmo a coragem de por em prática sua ideia? E se tiver, sentirá arrependimento? E se sentir arrependimento, como conseguirá reverter a situação? Será que Nathan procura Tia? E Juliette, descobre a traição de Nathan?

(Bem galera, o livro é muito interessante. Cada capitulo uma emoção. Aconselho a lerem).


Resenhado por Hellen
Tony Ferr

Sou Tony Ferr e amo o que faço. Tenho 23 anos, ainda! Sou escritor apaixonado e blogueiro por vocação! Amo romances de época e contemporâneos, falando de amor está na minha estante! A música e a pintura também fazem parte de mim.

5 comentários:

  1. Oie!!!
    já tinha visto esse livro na livraria e me lembro de ter achado o título bem interessante, mas nem sabia ainda do que se tratava. Fiquei mega curiosa com o enredo. Irei lê-lo com certeza ahahha.
    bjs*...*
    www.notinhasderodape.com.br

    ResponderExcluir
  2. Definitivamente não acho a Tia culpada. O cara que é casado, ele que deve ter a decência de não se relacionar com outras pessoas.
    Tenho muita curiosidade em ler o livro. Nunca li nenhum da autora, mas fala-se muito bem da escrita dela! :D

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  3. Olá.
    Pena que não tive interesse. Não prendeu minha atenção, mas o problema não está na sua resenha porque ela está ótima.
    Abraços

    clichê Imperial
    http://clicheimperial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu li esse livro e gostei muito da história. O que o enredo me mostrou foi que uma mentira pode mexer com muitas vidas e até mesmo destruí-las. Devemos ter cuidados com as nossa ações, pois elas vão refletir num futuro bem próximo.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bom?
    Já tinha ouvido falar neste livro mas ainda não tive a oportunidade de lê-lo.
    Confesso que livros que contém traições me incomodam um pouco, mas, fiquei bem curiosa quanto a ele. As perguntas que você deixou na resenha aguçaram minha curiosidade rs

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir

DICAS LITERÁRIAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS