10/08/2015

#Resenha 44, Primeiro e Único, da autora Emily Giffin.

Sinopse: Primeiro e Único - Shea tem 33 anos e passou toda a sua vida em uma cidadezinha universitária que vive em função do futebol americano. Criada junto com sua melhor amigas, Lucy, filha do lendário treinador Clive Carr, Shea nunca teve coragem de deixar sua terra natal. Acabou cursando a universidade, onde conseguiu um emprego no departamento atlético e passa todos os dias junto do treinador e já está no mesmo cargo há mais de dez anos.
Quando finalmente abre mão da segurança e decide trilhar um caminho desconhecido, Shea descobre novas verdades sobre pessoas e fatos e essa situação a obriga a confrontar seus desejos mais profundos, seus medos e segredos.
A aclamada autora de Questões do Coração e Presentes da Vida criou uma história extraordinária sobre amor e lealdade e sobre uma heroína não convencional que luta para conciliá-los.

ISBN-13: 9788581635972
ISBN-10: 8581635970
Ano: 2015  
Páginas: 448
Editora: Novo Conceito



#RESENHA

"Um romance clichê", foi o que eu pensei quando comecei a ler Primeiro e Único. Mas fico feliz em dizer que de comum esse livro não tem nada. 

Começamos pelo fato de que Shea Rigsby, a protagonista do livro, é uma completa fanática por futebol americano, em especial pelo time universitário de sua cidade, que tem como treinador o pai de sua melhor amiga, Lucy. O treinador Clive Carr é tão apaixonado por futebol quanto Shea, o que já cria uma ligação forte entre os dois, mais até do que a ligação dele com a própria filha.

Esse livro já começa em um momento difícil para os personagens principais, a senhora Carr, esposa do treinador e mãe de Lucy, havia acabado de falecer e faltava pouco para início da temporada de futebol americano.

Shea sempre foi muito próxima da família Carr, convive com eles desde que era um bebê e encontra no treinador uma figura paterna, já que seus pais eram divorciados. Ela, como todos na cidade, sente a morte de Connie Carr, e começa a se perguntar se seu emprego e namoro são realmente escolhas certas, se aquilo era o que ela queria para seu futuro. 

A partir desse momento ela começa a fazer mudanças nesses aspectos de sua vida, porém sua trindade imutável continua a mesma: Treinador Carr, futebol americano e Lucy. Quando eu me aprofundei na relação da Shea com o treinador eu já imaginava que os sentimentos dela não eram só de admiração e carinho, tinha algo mais ali. Mas no decorrer da história, enquanto a Shea mudava suas escolhas eu mudava minha opinião sobre o final do romance.

Então, não posso dizer que eu não previ o final do livro, isso é uma coisa comum que acontece entre mim e os romances, porém nem de longe eu o taxaria como "clichê". Esse livro vai envolvendo o leitor aos poucos, até mesmo os personagens secundários são profundos, bem trabalhados e as relações entre todos são intensas e reais. No início as explicações sobre futebol americano me pareceram cansativas e chatas, mas quando cheguei na metade da história já tinha me tornado uma torcedora da Walker e gritava mentalmente um: "Vamos, Broncos!" quando tinha jogo.

A relação da Shea com a Lucy é muito bonita, elas são como irmãs: Têm personalidades diferentes, porém o carinho entre elas supera qualquer coisa. Mas aí entra o treinador Carr no meio, e fica tudo complicado. Ciúmes, dúvidas e o medo de mudanças que influenciam a vida de todos os envolvidos.

É legal de ver a evolução dos personagens e a forma como a Emily Giffin abordou dois temas difíceis (a relação entre pessoas de idades tão distantes e a violência doméstica) sem parecer forçado. 

Eu nunca tinha lido nada da autora até agora, mas sinto que comecei muito bem, e olha que é difícil um romance me agradar! A história me surpreendeu e me ensinou como pode ser complicado sair da sua zona de conforto, mas que as mudanças causadas podem lhe trazer uma recompensa ainda maior do que o medo de mudar.

Resenhado por Fabrine

Sigam o nosso blog que retribuiremos! Só deixar o link do seu e o aviso nos comentários!


Tony Ferr

Sou Tony Ferr e amo o que faço. Tenho 23 anos, ainda! Sou escritor apaixonado e blogueiro por vocação! Amo romances de época e contemporâneos, falando de amor está na minha estante! A música e a pintura também fazem parte de mim.

13 comentários:

  1. É um livro que chama bastante a minha atenção, com certeza entrara para a minha listinha de aquisições.

    bjs
    http://thehouseofstorie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi este livro despertou muito meu interesse , a principio o achei meu clichê mais com forme fui lendo sua resenha me animei bastante, entrara para minha lista
    Bjos

    http://colecionadora-de-frases.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. |o|
      Que bom que Aline! Espero que possa ler algum dia!

      Abraços!

      Excluir
  3. Oi, Tony. Emily Giffin é uma ótima autora, já li um livro ela e adorei a escrita. Esse é um dos livros dela que eu quero bastante ler, a história é bem diferente!
    Beijo,
    http://www.pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
  4. Sou suspeita porque Amo Giffin.
    Li esse livro e gostei muito da forma como a autora levou o assunto.
    Realmente é um romance bom e consistente.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. Olha eu ainda não li esse livro, mas eu estou bastante curiosa, porque minha colaboradora Agatha que leu e espero ter a chance de ler assim que puder, porque me parece ser um livro muito bom. Eu gosto de um romance e percebi pelas resenhas que tenho lido que esse é bem diferente. Sem contar os JOGOS que são abordados né? Enfim...Vamos ver o que eu vou achar no fim, porque ainda não li nada da autora.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/resenha-entre-o-amor-e-o-silencio.html

    ResponderExcluir
  6. Oi, flor!
    Ainda não li nada da autora também, mas tenho dois romances pelos quais começar. Fico feliz que esse, em especial, não te decepcionou. Pelo contrário, a fez se sentir motivada a conhecer mais da autora – e isso revela que apesar de ter previsto o final, o fato de não ser clichê te surpreendeu o suficiente para desejar ler mais dela. :)

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oiee ^^
    Já li alguns livros da Emily, e minha experiência nem-um-pouco-boa com a escrita dela me fez sair correndo quando vi esse livro. A história parece ser bacana, mas por ser da Emily, não sei se o leria.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu ainda não tive a oportunidade de ler nada dessa autora, mas espero em breve poder ler algum, pois sempre escuto bons comentarios inclusive sobre esse

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Confesso que no começo do livro achei meio chato a história, mas conforme fui me aprofundando eu amei a Shea. Fiquei meio receosa pelo romance dela com o treinador, mas no final fiquei torcendo para que eles ficassem juntos. Mas um livro da escritora que eu amei.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    O livro atraiu a minha atenção pela capa e confesso que achei que seria clichê. Porém os temas que são abordados são muito interessantes e fiquei curiosa pela leitura.

    http://loucurasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Ainda não li nenhum trabalho dessa autora, mas depois de encontrar várias críticas positivas da mesma eu estou super animada em começar a ler algo dela!
    Parabéns pela resenha.

    xoxo, Kitsu.
    » http://www.guildadosleitores.com/

    ResponderExcluir

DICAS LITERÁRIAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS