19/08/2015

Ana Buffet - Coluna Idalan

Por: Monnique Idalan


A franja é inconfundível. Aparada no meio da testa e cuidadosamente penteada com as pontas emborcadas para dentro. Mastiga de boca aberta, partículas de salgadinhos saltam dos cantos, antes de ser totalmente deglutido, outro é levado à boca, e outro, e outros. Meia idade, peso acima, nada elegante, porém simpática. Os pais se foram cedo demais. O amor nunca chegou.
A fome, fiel companheira, preenche as lacunas de todas as ausências. E pra saciar a dispendiosa, nenhum evento, nenhum buffet é preterido. A agenda cultural de jornais se espalha por toda a sala. Na tela do computador, janelas que nunca se fecham, redes sociais de livrarias, teatros e galerias de arte. Na agenda, colagens e anotações organizam os dias. Um dia ordinário, um ritual imperativo.
Hoje, uma colagem ferida. A vernissage foi adiada. Ana devora um pacote gigante de polvilho, o som tritura o barulho do ventilador que dispersa o ar quente do quarto dos fundos. O sono vem apaziguar o dissabor. As migalhas do biscoito grudam-se do pescoço ao colo. A mão direita segura o último polvilho ainda dentro do saco.
Amanhã. Um dia ordinário. Um ritual imperativo.


***

Olá, espero que tenha gostado desse conto. Dê sua opinião!
Até a próxima semana, um abraço!!!
Tony Ferr

Sou Tony Ferr e amo o que faço. Tenho 23 anos, ainda! Sou escritor apaixonado e blogueiro por vocação! Amo romances de época e contemporâneos, falando de amor está na minha estante! A música e a pintura também fazem parte de mim.

22 comentários:

  1. Amei o seu trabalho. Mais sucesso linda, você merece!! 😘

    ResponderExcluir
  2. Que bom que gostou Ariana!!! Fico muito feliz! Até próxima quarta... compartilha para os amigos ;) :) um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Amei o escrito!
    Cru e sensível ao mesmo tempo!
    Vá em frente, vc tem talento.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  4. Adorei o conto,
    você escreve muito bem!

    Beijos,
    Lendo no Inverno

    ResponderExcluir
  5. Oiee ^^
    Adorei o seu texto ♥ Parece tão realístico! Aguardo por mais, hein?
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grata Dryh!!! Toda quarta, seja bem-vinda!!!

      Excluir
  6. Oi
    Gostei muito do seu pequeno conto, você escreve muito bem. Continue assim, estou curiosa por mais postagens

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  7. Oi Monnique, sua linda, tudo bem
    Achei ele bem triste. Gostaria de ler no final uma mensagem de esperança, que a pessoa saia da situação em que se encontra, se jogue na vida. Mas sei que ele retrata a realidade de algumas pessoas. Gostei do seu texto.
    beijinhos.
    cila.

    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bom?
    Eu adoro contos e adorei o seu, continue assim, seu trabalho é muito bom.
    Bjss

    ResponderExcluir
  9. Esses rituais que de rituais não têm nada e que transforma a vida em máquinas. Texto maravilhoso!

    ResponderExcluir
  10. Oii, tudo bem?
    Eu adorei o mino conto! Você escreve super bem, e o tema dela nós da muito o que pensar.

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pelo texto!
    Seu pequeno conto relata a realidade de muitos por ai

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pelo escrito. Gosto de coisas assim, detalhadas. Continue escrevendo.
    Abraços.

    http://clicheimperial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi antes de qualquer coisa parabéns você escreve muito bem , não sou muito fã de contos para ser sincera mais gostei muito deste o achei meio triste

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Já tinha achado o conto triste aí o nome da mulher é logo Ana pracabá kkkkkk
    Me identifiquei aí rsrs

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkk parece q vc se divertiu!!! Rsrsrs

      Excluir
  15. Olha eu sempre gostei muito de conto
    e tenho que confessar que gostei bastante do seu.
    Eu achei ele tão fofo. Parabéns, até porque tem que ter dom para
    escrever assim e eu gostaria muito de ter isso viu? Mas eu sou uma negação para tal assunto! hahahaah

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/resenha-o-penultimo-capitulo.html

    ResponderExcluir
  16. Oi Silvana Sartori! Fico feliz q tenha gostado! Olha, o segredo para a escrita é leitura e prática. Fica a dica... boa sorte!! bju

    ResponderExcluir
  17. Oii!

    Adorei! Acho contos muito legais e simples ao mesmo tempo ^^
    Você tem bastante talento! Deveria seguir em frente com isso :)

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  18. Adorei o conto, você escreve muito bem ^^

    ResponderExcluir
  19. Profundo! Vc detalha tão bem que fui capaz de escutar o barulho do biscoito sendo mastigado.
    Profundo o conto, sucesso!

    Blog Coisas da Juu Top Comentarista

    ResponderExcluir

DICAS LITERÁRIAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS