13/08/2014

Entrevista internacional! International Interview - Lucinda Riley

O Dicas Literárias conseguiu sua quarta Entrevista Internacional. É com imenso orgulho que apresentamos a escritora Norte-americana Lucinda Riley autora dos livros A Casa das Orquídeas, A Garota do Penhasco, A Luz Através da Janela, A Rosa da Meia-noite e do atual lançamento As Sete Irmãs publicados no Brasil pelo Grupo Editorial Novo Conceito. Lucinda nos cedeu uma ótima entrevista vamos conferir?!

Thank you very much Lucinda!

 © Thomas Duffe.


Lucinda Riley nasceu na Irlanda e durante sua infância viajou por todo o Oriente. Assim que se mudou para Londres, começou carreira como atriz de cinema, teatro e televisão. Aos 24 anos, baseada em sua experiência com dramaturgia, escreveu seu primeiro livro. Sua paixão por História trouxe-lhe a inspiração para escrever romances que têm conquistado os primeiros lugares nas listas de leitura de todo o mundo. Vive entre os Estados Unidos e a França, com o marido e quatro filhos. Disponível em: Novo Conceito 
Site oficial da autora: http://www.lucindariley.com/
Entrevista

1- Como foi seu primeiro contato com a Editora Novo Conceito no Brasil e como foi ser publicada em outro país?

Lucinda: Em 2011, foi-me dito por um amigo "espiritual" que eu estaria viajando para o Brasil muito em breve, eu ri pra ele! Na manhã seguinte, fui informada pelo meu agente que a editora Novo Conceito tinha comprado meus dois primeiros livros !! Devo ser honesta e dizer que esta na época era uma estranha coincidência, mas não significa que eu iria viajar para lá porque estou publicada em todo o mundo. Mas eu não viajo para todos os países ou eu nunca estaria em casa com meus filhos e marido.
No entanto, eu enviei um email para Fernando Barrachini, o Editor da Novo Conceito, para agradecer-lhe, ele então me perguntou se eu gostaria de viajar ao Brasil para a Bienal de São Paulo no ano seguinte. Como já tinha sido dito que era o meu destino vim para o Brasil, eu tinha que dizer sim.
Este é o meu quinto livro publicado pela Novo Conceito, os outros são 'A Casa das Orquídeas', 'A Luz Através da Janela', 'A Garota do Penhasco' e 'A Rosa da Meia-Noite'. Adoro ser publicada no Brasil!

2- Todos os seus livros tem uma história incrível. Sua escrita é completamente envolvente, mas a minha pergunta é: as histórias de seus livros têm algo de sua vida real?

Lucinda: Eu nunca  baseio um personagem totalmente em uma pessoa real. No entanto, há semelhanças entre os meus personagens e os meus amigos e família! O personagem 'Aurora' de 'A Garota do Penhasco ", inclui um pouco de “mim” '. 

3- Quais são os melhores feedbacks que você recebe de seus leitores?

Lucinda: Estou sempre entusiasmada pelo grande número de mensagens lindas que recebo de todo o mundo a partir de meus leitores no Facebook, Twitter e e-mail. Faz-me sentir muito modesta. É gratificante saber que os meus livros são lidos por jovens e adultos e, particularmente, que gostam dos aspectos emocionais e espirituais das histórias que são escritas pelo meu coração.

4- Alguns autores dedicam exclusivamente algumas horas do dia para produzirem seus livros. E você, como organiza o seu tempo?

Lucinda: Eu gostaria de poder dedicar algumas horas por dia para escrever, mas assim que a história está na minha cabeça, eu só quero colocar tudo no papel, e isto  significa escrever desde o início da manhã até tarde da noite, até que esteja concluído.
No entanto, eu não estou preso atrás de uma mesa o dia inteiro, o que é bom. Depois de escrever os meus primeiros romances, eu tive uma grave lesão por esforço repetitivo, e eu não tinha opção a não ser treinar  para usar um gravador. Apesar de ser difícil de me acostumar no início, agora eu o amo. Como eu sou 'portátil', posso trabalhar enquanto ando de dentro para fora (dependendo do tempo!) e porque eu treinei como bailarina ainda sou muito ruim em permanecer sentada, os meus melhores pensamentos vêm a mim quando estou em movimento. Isso também significa que posso atuar todos os personagens.

5- Como foi escrever o seu novo livro The Seven Sisters? E por que a escolha do Brasil como um dos países centrais da trama?

Lucinda: Eu vim pela primeira vez ao Brasil há dois anos. Quando voei para São Paulo, desci do avião, dirigi para o Rio de Janeiro e vi o Cristo, eu me apaixonei instantaneamente. Tanto que eu decidi definir o primeiro da minha nova série de livros lá. Então eu voltei descobrir a história e morei lá por um mês em um apartamento no Ipanema. Eu podia ver a praia e o Cristo como eu escrevi na história.
Então eu descobri que a minha vizinha na rua ao lado era Bel Noronha, bisneta de Heitor da Silva Costa, arquiteto e engenheiro do Cristo Redentor. Ela me deu acesso a todas as suas fotografias, diários e do maravilhoso filme que ela tinha feito sobre a construção. Então eu escrevi  sobre o Rio de Janeiro nos dias de hoje, querendo mostrar ao mundo através da história de meu personagem a incrível  e vibrante  cidade que é. Como qualquer outra, tem suas boas e más características, mas parte do livro é definida em uma favela, que visitei. Na verdade, minha heroína descobre que faz parte de sua herança. Enquanto escrevia, e observa as crianças aprendendo a sambar para o carnaval, eu estava chorando. Elas estavam dançando para as suas vidas.


6- Você imagina seus personagens ganhando vida na telona?

Lucinda: Sim, absolutamente. Gostaria muito de ver meus livros transformados em filmes. E, certamente, quando estou escrevendo, como uma ex-atriz, eu posso imaginar como seria ver todos os meus personagens serem interpretados!

7- Deixe uma mensagem para seus leitores brasileiros!

Lucinda: Como eu sou oficialmente uma "carioca irlandesa”, gostaria de deixar um grande OBRIGADA a todos os meus leitores brasileiros por comprar meus livros e por todo o apoio ao longo dos anos. Eu recebo tantas mensagens lindas e estou tão animado por estar de volta. O Brasil e seu povo têm um lugar muito especial no meu coração. Vocês que vivem aí, especialmente no Rio, têm muita sorte. Vocês têm tudo, desde o clima, praias maravilhosas às montanhas - assistindo o pôr do sol por trás dos "irmãos" toda noite era uma visão maravilhosa e comovente, e eu nunca esquecerei.

Entrevista feita por Tony Ferr

Deixe seu comentário! 

Tradução de Yses Trindade e Laura Ferraz 

Tony Ferr

Sou Tony Ferr e amo o que faço. Tenho 23 anos, ainda! Sou escritor apaixonado e blogueiro por vocação! Amo romances de época e contemporâneos, falando de amor está na minha estante! A música e a pintura também fazem parte de mim.

2 comentários:

  1. Que legal Tony e Yses!!!! Estão de parabéns pela seção de entrevistas do site. Bjo e sucesso!

    ResponderExcluir
  2. Oie! Adorei a entrevista, ainda não tive oportunidade de ler os livros dela, mas espero ler em breve!
    Bjs, www.resenhasteen.blogspot.com

    ResponderExcluir

DICAS LITERÁRIAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS