18/03/2014

Entrevistando o seu Autor!

Continuando nosso quadro Entrevistando o seu Autor! Trazemos mais um nome da nossa literatura nacional, a querida escritora Márcia Rubim, autora dos livros Adeus à Humanidade e Quando a Humanidade Prevalece. Confira a entrevista e conheça um pouco mais sobre nosso talento nacional.

Biografia 
Marcia Rubim é odontóloga e pós-graduada em odontogeriatria pela UFF, Niterói/RJ, sua cidade natal. Dotada de múltiplos talentos no campo artístico — como a pintura, o desenho e o canto —, sempre adorou ler romances e histórias sobrenaturais. A paixão pela escrita veio mais tarde, e tornou-se um verdadeiro vício. Adeus à Humanidade é o primeiro livro de uma série que Marcia deseja colocar na cabeceira de todos os amantes da boa leitura pelo mundo afora.

Leia com carinho, por que foi com carinho que ela nos contou tudo isso!!

1. Dicas Literárias - Quando você começou a escrever suas histórias?


Márcia - Na verdade, as histórias sempre povoaram a minha mente, mas somente em 2009, já formada e estabilizada na carreira (sou odontóloga por formação), é que surgiu a necessidade de colocá-las todas para fora. Escrever é viciante, uma verdadeira paixão. E, como amo romance, literatura fantástica, emoção e humor, Adeus à Humanidade veio para suprir a minha ânsia de ler uma trama que reunisse todos esses quesitos num único livro, e graças a Deus deu certo.

2.  Dicas Literárias - Qual a maior dificuldade que você achou para dar início a sua carreira literária?

Márcia - Inicialmente, a própria insegurança de todo escritor marinheiro de primeira viagem, que expõe suas ideias a público pela primeira vez. Mas, sem dúvida alguma, as maiores barreiras para o autor nacional (permita-me colocar a frase no plural) são a competição desleal com a literatura estrangeira – que lota as prateleiras das livrarias -, e a pouca valorização da nossa literatura pelo próprio brasileiro, que infelizmente ainda carrega nas costas a famosa ‘ síndrome de país colonizado’, ou seja, tudo o que vem de fora é provavelmente melhor, mesmo sendo o Brasil tão recheado de talentos inesquecíveis. No entanto, tenho acompanhado essa evolução nas bienais e vejo que essa realidade já está começando a mudar. Já tivemos nossa revolução na música e no cinema, agora chegou a vez da literatura! 

3.  Dicas Literárias - De onde vem a inspiração pra fazer seus livros?

Márcia - Até agora, toda a minha inspiração sempre me veio do nada, e em qualquer lugar. Mas acredito piamente que todo escritor é um somatório de tudo o que já leu + talento + o que viveu. Sendo assim, imagino que o fato de gostar tanto de filmes e da arte em geral seja indiretamente uma eterna fonte de criação.

4.  Dicas Literárias - Como foi a recepção dos seus livros pelo público?

Márcia - Maravilhosa. Considerando que todas as resenhas postadas (ou não) pelos blogs indicaram o meu livro como ótima leitura, realmente não tenho do que reclamar, pelo contrário. Só tenho a agradecer por esse carinho que só me impulsiona a querer escrever mais e melhor.

5.  Dicas Literárias - Qual será o seu próximo lançamento?

Márcia - O terceiro livro da série Adeus à Humanidade, O Despertar da Espécie. Mas em breve mais novidades virão por aí.

6.  Dicas Literárias - Como você imagina sua carreira literária daqui a 10 anos? 

Márcia - Consolidada, se Deus quiser. Quero sobreviver financeiramente fazendo o que amo, uma realidade ainda um pouco distante.

7.  Dicas Literárias - Como foi escrever Adeus à Humanidade e Quando a Humanidade Prevalece? Quais os obstáculos que você teve que enfrentar para concluir essas obras?

Márcia - Escrever Adeus à Humanidade foi muito especial. Eu vivi cada fase da história como se fosse cada um dos personagens. Ri muito, curti,  me emocionei, me desesperei, virei noites em claro escrevendo... No meu conceito, o primeiro livro de uma série sempre é mais difícil de terminar, porque nele deve conter a base essencial para o restante dos livros que vierem. Já em Quando a Humanidade Prevalece, a coisa fluiu bem rápido, pois os personagens passaram a se relacionar comigo como membros da minha família. Eu já os conhecia bem, então se tornou bem mais fácil essa interação.
Quanto aos obstáculos, imagino que o maior deles tenha sido a minha própria autocrítica. Sou muito exigente com os textos, adoro um vocabulário rico e detesto o excesso de repetições de termos. Sendo assim, se sou assim com o que leio, imagine com o que escrevo! 

8.  Dicas Literárias - Qual sonho você ainda deseja realizar em sua carreira literária?

Márcia - Ter a oportunidade de ser lida e emocionar milhares de brasileiros, e, claro, viver da literatura. 

Onde você vai encontrar a autora?

Twitter: @marcia_rubim


Sobre seus livros


Sinopse: 
Uma paixão acendendo após mais de um século de escuridão.Uma doença atual apagando a luz de uma vida.Somente sua mordida poderia curá-la.Apenas seu tipo sanguíneo seria capaz de matá-lo. Como um amor tão improvável sobreviveria? Do que você seria capaz de abdicar para salvar e vivenciar, mesmo que por pouco tempo, um amor jamais sentido antes? Da cura de milhares de humanos? Da própria vida? Stephanie tinha todos os motivos do mundo para não acreditar em seres míticos ou na felicidade, mas vai descobrir que estava totalmente enganada. Sua alma-gêmea existe! O problema é que a linha do tempo que a separa do amor eterno é muito tênue. E somente um milagre possa uni-los novamente.



Sinopse: 
Em meio às inúmeras adaptações impostas pela nova condição da espécie, o casal Stephanie e Richard parece não se dar conta da ameaça maléfica que os ronda. E quando isso vem à tona, pode já ser tarde demais, mudando completamente o curso de suas vidas. Lendas. Ciúmes. Mentiras. Medo. No momento mais crucial, tudo se mistura. O mesmo amor que protege e inebria também tem o poder de mascarar a visão da realidade, provocando uma devastação em cascata de efeitos colaterais surpreendentes. Será que a lua de mel entre seres sobrenaturais é realmente eterna? Milagres acontecem mais de uma vez? Divirta-se. Sonhe. Emocione-se. Venha descobrir com o segundo livro da série Adeus à Humanidade do que o amor é capaz.


Tony Ferr

Sou Tony Ferr e amo o que faço. Tenho 23 anos, ainda! Sou escritor apaixonado e blogueiro por vocação! Amo romances de época e contemporâneos, falando de amor está na minha estante! A música e a pintura também fazem parte de mim.

3 comentários:

  1. Acho interessantes ler entrevistas. Pois assim conhecemos mais o autor, seus gostos, dificuldades, enfim, dá para ter uma noção de tudo que passou.
    Ótima entrevista!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Tony.

    Quero muito ler os livros dela e as capas estão lindas.
    Ambos os livros tem uma história muito interessante e creio que gostarei de ler.

    Adorei a entrevista, por conhecer um pouco mais sobre a autora.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Tony,
    Ainda não li nada da autora, mas sei que o Adeus à Humanidade estava na lista de nacionais mais vendidos por um bom tempo :) Espero poder comprar em breve.
    Adorei a entrevista!


    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir

DICAS LITERÁRIAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS